Home > Home > HOME

Home

HOME

O projecto POLIS é um projecto de cooperação Europeia que visa implementar estratégias e politicas locais de planeamento urbano que impulsionem o potencial solar de estruturas urbanas em cidades Europeias. Sendo as cidades os principais focos de consumo energético, é crucial trabalhar ao nível do contexto urbano promovendo a franca integração de sistemas de produção de energia descentralizada em pequena escala.

O objectivo do projecto é apresentar e avaliar as actuais práticas de planeamento urbano solar, identificando, com os vários actores deste processo, as oportunidades de melhoria/optimização das políticas e instrumentos em vigor. No que respeita à composição dos edifícios e demais estruturas urbanas, é facilmente identificável a importância que pode assumir a energia solar, a forma dos edifícios e superfícies disponíveis são elementos chave no design de sistemas solares activos e consideração dos ganhos que advém da integração de tecnologias solares passivas. Mais do que em qualquer outra tecnologia de utilização de energias renováveis, um adequado design solar depende da forma, função e disposição dos edifícios.

Para assegurar a viabilidade de utilização de tecnologias solares em novas estruturas urbanas, é essencial considerar determinados requisitos nos instrumentos de planeamento urbano e concepção de edifícios. Estão já disponíveis ferramentas que promovem objectivos de adopção de tecnologia solares tais como objectivos nacionais, acordos municipais e iniciativas privadas.

Também o património existente deve ser considerado. Como tal, os edifícios existentes não devem ser negligenciados e devem também adequar-se aos requisitos necessários à adopção de sistemas solares. O conhecimento das várias tipologias e estruturas de edifícios é essencial para melhorar acções estratégicas que mobilizem o potencial solar do actual património edificado.

Através da cooperação entre várias cidades empenhadas na adopção de práticas de planeamento urbano solar, será promovida a mobilização do potencial de adopção de tecnologias solares em contexto urbano. O sucesso deste projecto implica necessariamente o envolvimento e trabalho conjunto com as direcções municipais de planeamento urbano uma vez que os municípios são os principais actores na definição e implementação de práticas de planeamento urbano.

Intelligent Energy Europe